1. Ler: Lucas 15, 11-32 

2. Olhar a imagem

3. Reler

4. Reconstruir o texto

5. Conhecer

Depois de contar a história da ovelha perdida, Jesus conta a história de um pai que tem dois filhos. Com essa história, Jesus quer mostrar que o Pai é Deus, e os filhos somos nós. Alguns se parecem mais com o filho mais novo e outros com o filho mais velho.


O mais novo quer liberdade, não está preocupado com o que o pai quer. Pede o direito sobre os seus bens, pega tudo o que lhe pertence e vai viver e fazer festa longe de casa. Quando falta dinheiro, somem os amigos e ele acaba sofrendo as consequências.


Deus dá liberdade para quem quer ir bem longe dele. Quando a pessoa está bem caída, pensa em voltar. Quando chega diante de Deus, Ele acolhe de braços abertos quem retorna ao seu amor. Deus ama sempre e nunca deixa de nos amar. 


Já o filho mais velho se parece com quem está sempre junto de Deus, e fica com ciúmes porque o irmão que estava perdido voltou, e o pai o acolheu. Prefere que o irmão não entre na casa. O pai porém, diz que é preciso se alegrar, porque numa família todos devem se amar.

O pai ama de igual modo a todos e quer mostrar ao filho mais novo o valor de se arrepender (de reconhecer o seu próprio erro), e ao filho mais velho, que é preciso perdoar sempre. Isso é o que faz o amor.

6. O que aprendi de novo?

 

7. Oração

Pai    Nosso    que    estais    no    céu,    santificado    seja    o    vosso    nome,    venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na Terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém!
 

8. Atividade Sugestão:

Desenhar, pintar e recortar a figura abaixo. Ela representa o pedido de perdão do filho e o abraço que o pai deu ao filho que estava perdido.

Arquivo em PDF da

Atividade e desenho

para impressão

CONTATO

arrow&v

© 2020 por JesusCristoemcasa.com